A melhor receita de pão de queijo vegano do mundo

by - abril 16, 2018


Hoje, finalmente vou compartilhar com vocês a minha receita de pão de queijo VEGANO. Sim, é a mesma receita que faço e vendo congelados para a galera aqui da região. É uma receita especial feita com ingredientes que gosto muito de utilizar.  Além da receita, gostaria de dividir com vocês algumas dicas legais que só descobri depois de repetir a mesma receita inúmeras vezes. Espero que sejam úteis pra você também. 

Ingredientes:

1 xícara de purê de mandioquinha 
1 xícara de polvilho doce
1 xícara de polvilho azedo
1 colher (café) sal marinho
1 colher (sopa) de orégano desidratado
1 colher (chá) de gergelim preto
1 colher (chá) de gergelim branco
2 colheres (sopa) óleo de girassol
2 colheres (sopa) azeite de oliva extra virgem

Para começar, descasque as mandioquinhas e cozinhe por 15 minutos na pressão. Depois, retire a água e amasse com um garfo/amassador. Para uma xícara de purê, eu usei seis ou sete unidades médias. É o suficiente. Escolhi usar a mandioquinha por um sabor mais marcante comparada a batata inglesa, doce ou aipim/mandioca. Eu gosto é de sabor!



Em uma tigela grande, misture os ingredientes secos. Adicione o purê de mandioquinha, o óleo de girassol e o azeite de oliva. Vá amassando bem até obter uma bola grande, lisa e bem bonita. Depois disso, é só ir modelando os pães e colocando em uma forma untada com óleo/manteiga vegetal. Distribua na forma e deixe um espaço entre eles para que eles possam crescer e ficarem crocantes.
Leve ao forno preaquecido a 200 º C por 20 minutos ou até eles começarem a dourar. 

Essa receita rende 20 unidades e você pode manter eles congelados por até 90 dias tranquilamente. É super simples e fácil de fazer. Faz o maior sucesso e eu sempre gosto de ter alguns prontos no meu freezer.


6 Dicas para fazer o melhor pão de queijo Vegano do mundo:

1.Use os dois tipos de polvilho: a graça dessa receita é que ela fique bem parecida com a "original" por isso é bom usar os dois tipos de polvilhos. O azedo é mais acido e ajuda a fermentar a massa, dando aquele aspecto de "puxa puxa". Mas usar apenas ele vai deixar os seus pães ácidos demais.

2. Use as mandioquinhas enquanto ainda estiverem quentes/mornas: isso deixa a massa mais úmida e macia. Facilitando muito na hora de modelar as bolinhas. Não que usar elas em temperatura ambiente vá arruinar a sua receita, porém, usar elas quentinhas vai te ajudar bastante. Vai por mim.

3. Não faça pães pequenos/grandes demais: fazer bolinhas pequenas demais vai deixar o seu pãozinho muito seco depois de assado, o que não é legal. Pães gigantes demoram mais para assar e podem ficar com gosto crú. Eu uso uma balança de cozinha para deixar todos com a mesma gramatura "35g" mas você pode medir uma colher de chá que a proporção será bem parecida.


4. Cuidado para não dourar demais: mesmo modelando no tamanho ideal, assar demais vai deixar o seu pãozinho seco e duro. Principalmente depois de frio. Assim que ele começar a dourar, desligue o forno, espere uns minutinhos e retire. 


5. Não use apenas azeite de oliva: eu amo o sabor do azeite de oliva, mas é preciso usar com cuidado para não deixar que ele predomine na receita. O equilíbrio é importante para que todos os sabores sejam notados na boca. 

6. Se a char que a massa ficou seca, use um pouco de água morna: isso vai depender muito da quantidade de água que a sua mandioquinha vai soltar. Algumas tem mais água, outras menos. Isso acontece com vários vegetais e é normal. Então, se a massa estiver seca demais você precisa umedecer um pouco para facilitar a modelagem e também para que não fique seco depois de assado. Não coloque mais óleo/azeite, pois o seu pãozinho vai ficar muito gorduroso.

Essas são MINHAS dicas. Coisas que eu aprendi no dia a dia. Fazendo e refazendo muitas vezes até chegar a uma receita única e com um resultado que me agradasse. Tem outras dicas? Conta aqui pra mim. Vou adorar saber :)


You May Also Like

0 comentários